Subsídios para o debate sobre a questão do Financiamento Sindical

As entidades sindicais são instrumentos essenciais para a luta em defesa dos interesses dos
trabalhadores na relação reconhecidamente conflitiva e assimétrica entre capital e trabalho. A
atuação dessas organizações pela ampliação dos direitos individuais e coletivos tem contribuído
decisivamente na busca por uma sociedade justa e democrática
Uma das principais atribuições das entidades sindicais é a prática das negociações coletivas
de trabalho, que garante aos trabalhadores contraporem-se ao poder das corporações patronais.
Inúmeros avanços foram alcançados em razão dos processos negociais empreendidos pelos
sindicatos, tanto aprimorando direitos assegurados pela legislação, quanto introduzindo novos
temas. Diversas garantias relativas a salários, benefícios, condições de trabalho, relações de
trabalho e representação sindical originaram-se das pautas de reivindicações apresentadas ao
patronato pelas entidades sindicais, passaram a compor acordos e convenções coletivas de trabalho
e, em muitos casos, inspiraram a criação de leis que passaram a abranger o conjunto dos
trabalhadores.
Leia a nota técnica completa em:
Fonte: DIEESE
Nota Técnica Número 200
Dezembro 2018