Papa escreve a Lula: “A verdade vencerá a mentira e a Salvação vencerá a condenação”

"[Que você possa ir] da incredulidade e do desespero para a alegria serena e profunda de quem acredita que, no final, o bem vencerá o mal" / Prensa Total via Flickr/Creative Commons

Líder religioso se solidariza pelas “duras provas” pela qual Lula tem passado; leia mensagem na íntegra

Redação

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

O Papa Francisco, autoridade máxima da Igreja Católica, enviou neste mês uma carta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No documento, em resposta à uma carta de Lula enviada em 29 de março, o pontífice se solidariza com ex-presidente, que, segundo ele, tem passado por “duras provas” com a morte de sua esposa, Marisa Letícia, de seu irmão, Genival Inácio, e de seu neto, Arthur.

“A sua Páscoa, sua passagem da morte à vida, é também a nossa páscoa: graças a Ele, podemos passar da escuridão para a Luz; das escravidões deste mundo para a liberdade da Terra prometida; do pecado que nos separa de Deus e dos irmãos para a amizade que nos une a Ele; da incredulidade e do desespero para a alegria serena e profunda de quem acredita que, no final, o bem vencerá o mal, a verdade vencerá a mentira e a Salvação vencerá a condenação”, diz a missiva.

O líder religioso também lhe deseja ânimo e confiança em Deus, além de pedir que Lula siga rezando por ele e diz que acredita, assim como seus antecessores, que “a política pode se tornar uma forma eminente de caridade se for implementada no respeito fundamental pela vida, a liberdade e a dignidade das pessoas”.

Acompanhe na íntegra:

https://www.brasildefato.com.br/2019/05/29/papa-escreve-a-lula-a-verdade-vencera-a-mentira-e-a-salvacao-vencera-a-condenacao/