STF suspende nomeação de Alexandre Ramagem para o comando da PF

Amigo da família do presidente, ele foi escolhido por Bolsonaro para substituir Maurício Valeixo no caro, indicado por Sergio Moro. A posse de Ramagem estava marcada para esta quarta-feira.

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes suspendeu nesta quarta-feira (29) a nomeação de Alexandre Ramagem para diretor-geral da Polícia Federal (PF).

Amigo da família do presidente, ele foi escolhido por Bolsonaro para substituir Maurício Valeixo, indicado pelo ex-ministro Sergio Moro. A posse de Ramagem estava marcada para esta quarta-feira.

Moraes atendeu a um pedido do PDT. “Defiro a medida liminar para suspender a eficácia do decreto [de nomeação] no que se refere à nomeação e posse de Alexandre Ramagem Rodrigues para o cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal”, diz a decisão do ministro.

A nomeação de Ramagem, ex-diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), levou a vários questionamentos na Justiça por conta do seu envolvimenot com o clã Bolsonaro.

Texto: www.vermelho.org.br

Imagem: Twitter