Editora Cepe reúne dez ensaístas para escrever livro homenageando Clarice Lispector

José Mário Rodrigues ciceroneou Clarice na sua última visita ao Recife, em maio de 1976 - Reprodução

Esse é o primeiro lançamento do ano da editora, que acontecerá no Cais do Sertão nesta quinta (14)

Da Redação
Brasil de Fato | Recife (PE) |

“O que eu escrevo continua – Dez ensaios no centenário de Clarice Lispector” é o título do primeiro lançamento do ano da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). Esse será também o primeiro evento presencial a ser realizado pela editora desde o início da pandemia. O livro, que será lançado nas modalidades físico e e-book custará, respectivamente, R$ 30,00 e R$ 12,00.

José Mário Rodrigues, organizador da obra, reuniu os ensaios de Raimundo Carrero, Lourival Holanda, Cícero Belmar, Mario Helio, Luzilá Gonçalves Ferreira, Ângelo Monteiro, Fátima Quintas, Fernando de Mendonça, Marilene Felinto e um texto dele mesmo, que ciceroneou Clarice na sua última visita ao Recife, em maio de 1976.

O livro será lançado no próximo dia 14, às 16h, no auditório do Centro Cultural Cais do Sertão, localizado no Recife Antigo.  Durante o encontro será transmitido um vídeo de Nadia Battella Gotlib, autora da fotobiografia da escritora, falando sobre a vida e obra de Clarice.

Lispector nasceu em 1920 na Ucrânia. Radicada brasileira, a escritora viveu parte da infância no Recife e morreu no dia 09 de dezembro de 1977. No ano de seu centenário, diversas ações de comemoração e preservação da memória da escritora estão sendo realizadas.

Serviço

Lançamento: O que eu escrevo continua – Dez ensaios no centenário de Clarice Lispector

Organizador: José Mário Rodrigues

Data: 14 de janeiro

Horário: 16h

Local: Auditório do Centro Cultural Cais do Sertão (Armazém 10, Av. Alfredo Lisboa, s/n)

Preço: livro impresso R$ 30,00, e-book R$ 12,00